Reciclei Utensílios e Ferramentas para o Macramé

Para todas as artes são necessários utensílios e ferramentas específicos. O macramé não é exceção. Alguns até temos em casa e é tudo uma questão de lhes darmos novo uso. Outros têm de ser adquiridos.
Estando eu no início desta aventura, e não querendo estar a investir, socorri-me das minhas habilidades na reciclagem e fui criando e/ou adaptando os utensílios e ferramentas à medida das minhas necessidades. Assim nasceram os meus quadros de cortiça e ganchos de suporte...
Macrame Tools

Mas vamos por partes e começar pelo inicio:
Alguns trabalhos têm de estar apoiados e precisam de estar fixos a uma base de trabalho. No início (aquando da "Árvore de Natal em Macramé", por exemplo) socorri-me das almofadas do sofá. Entretanto também já usei (e ainda uso) a tábua de passar a roupa. Os alfinetes são grandes aliados na hora de fixar o trabalho à base...
Macrame Tools

Mas o ideal é mesmo ter uma base em cortiça ou noutro material que permita o uso de alfinetes. Socorri-me dos quadros de cortiça que já fizeram parte da decoração dos quartos dos Filhotes. Aquando das obras rejeitaram-nos. Quem tem destes quadros em casa, sabe que a cortiça é apenas uma folha colada numa base de cartão. Ora, esta combinação é muito fina e frágil para o uso dos alfinetes que a atravessam:
➤ Juntei dois quadros e, no meio, coloquei um cartão - fiquei portanto com 3 camadas;
➤ Retirei as peças de pendurar (que estavam no centro) e posicionei-as a cerca de 2 cm das extremidades;
➤ Uni as duas estruturas com cola quente e fiquei com um quadro de dupla face com  60 cm * 45 cm;
➤ É o ideal para trabalhos maiores ou que exijam estar de pé. Também vai servindo para expor os meus projetos piloto...
Macrame Tools

Para trabalhos mais pequenos, uso um outro quadro que fiz sem o caixilho:
➤ Retirei o caixilho de madeira por já estar danificado;
➤ Dobrei a cortiça ao meio;
➤ Coloquei entre as duas partes um cartão e rematei as laterais com fita adesiva;
➤ Este quadro, também de dupla face, mede 42 cm * 28 cm, e permite-me trabalhar sentada...
Macrame Tools

Na foto de cima podemos ver os dois ganchos que fiz aproveitando os elementos curvos, metalizados, de cruzetas danificadas.
Estes ganchos servem para pendurar o quadro maior e os suportes (galhos) dos painéis.

A prancheta é outra ferramenta que uso muito, para os meus passo a passo e para trabalhos bem mais pequenos, como por exemplo os porta-chaves. Nestes casos, para fixar os trabalhos, uso fita de pintor.
Macrame Tools

A fita de pintor, a par dos alfinetes, também pode ser usada nos quadros de cortiça. A conjugação dos dois dá mais firmeza à fixação do trabalho na base.

Para trabalhos de grandes dimensões, a arara ou suporte de cruzetas é a melhor ferramenta de apoio. Eu tenho um destes suportes, que uso quando estou a passar a roupa a ferro, para pendurar as cruzetas. Ainda não tive necessidade de usar para o macramé. Irei usar quando estiver a fazer o meu painel de cabeceira, pois o danadinho irá ter mais de 1 metro!

Não basta ter cordões e fios. São necessários, e muito importantes, utensílios e ferramentas que nos irão auxiliar e facilitar o desenvolvimento do trabalho.
Não podemos esquecer uma boa tesoura (neste departamento terei de investir) e uma fita métrica. Conforme vamos evoluindo, vamos tendo necessidade de outros utensílios mais básicos. Mas também estes, numa fase inicial, podem ser encontrados em casa e adaptados - é o caso, por exemplo, dos pentes ou escovas para pentear/abrir as franjas.

Para concluir, a ferramenta mais importante, sem a qual não sairá nenhum nó - as nossas mãos. Esta é definitivamente A Ferramenta do Macramé. Podemos ter todo o equipamento e materiais mas, sem as nossas mãos, não teremos, com certeza, um único nó!

Votos de um bom fim de semana e... Boas Ideias!

Comentários

  1. Ora aí está uma boa verdade! A melhor ferramenta é aquela que Deus nos deu :) Muito boas dicas à MacGyver :D bjs

    ResponderEliminar
  2. Genial siempre es bueno reciclar. Eres muy habil nunca se hubiera ocurrido hacer esas herramientas Te mando un beso

    ResponderEliminar
  3. Muita criatividade na utilização dos materiais. Não há dúvida de que os portugueses são muito engenhosos! Gostei muito das ideias.
    Bjn
    Márcia

    ResponderEliminar
  4. A criatividade está sempre por aqui presente.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  5. Um viva a criatividade que não tem limites. É a inspiração, é a alma em movimento. Parabéns...

    ResponderEliminar
  6. É tenho que concorda com a Bella (acima)
    Liliana, a MacGyver feminina !!!! 😁
    E assim vai seguindo, sem percalços !!!
    Por isso nos inspira tanto !!!
    Sigo aqui no aguardo dos próximos capítulos da série!!
    Uhrulll...parabéns amiga!!!!!

    bjssssssssssssssssssss

    ResponderEliminar
  7. Your work is very nice as always i love it

    ResponderEliminar
  8. Oi, Liliana! Muito bom reciclar, né? Eu costumo usar como "gancho" para fazer macramê os puxadores do meu guarda-roupa, hahaha. Funciona bem também, mas a cortiça é uma ótima ideia!

    Beijos

    ResponderEliminar
  9. Lindo! Um dia quero aprender a fazer. Parabéns pelo belíssimo trabalho.
    Bjos!!!

    ResponderEliminar
  10. Hola Liliana, pero qué buenas ideas nos has dado, te confieso que a veces me cansa el macramé por no saber cómo sujetar los trabajos. Tomo nota de todos los tips que nos compartes en esta entrada, que me ha parecido muy pero muy útil, Un abrazo!!!!

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Obrigada pela visita.
A sua crítica e/ou elogio serão sempre alvo de uma resposta minha (nem que seja um simples "obrigada").
Não se acanhe: comente.
Para receber a resposta no seu e-mail, basta clicar no quadrado ao lado da expressão: "Notificar-me".
Espero que tenha gostado!
Volte sempre!
Liliana

Outras Ideias

Maquete "Sala de Aula"

Crop Top "Mimi"

Porta velas em Macramé "Coração"

Painel "Liberdade"

Os Ramos das Madrinhas