Bem Vindas (os)

Nos últimos anos tenho elaborado alguns trabalhos para os Filhotes. Ao revê-los achei que se justificava a criação de um Blogue para os expor/partilhar. Daí surgiu a ideia de dar uma nova vida a este cantinho.
O que pretendo é mostrar os trabalhos que já estão feitos, com reciclagem e não só, e outros que forem surgindo.
Ideias não faltam, jeito (acho que não tenho muito, mas sinto que ao longo do tempo as coisas vão saindo cada vez mais perfeitas) e o gosto pela coisa abunda por estes lados.
Sempre que possível, colocarei o "passo a passo" pois, acho que, só assim é que estou realmente e partilhar - dando a oportunidade, a quem me visita, de poder também fazer estes trabalhos.

Espero que apreciem a visita e... comentem (só assim poderei melhorar/corrigir).

Divirtam-se e
Boas Ideias!

sexta-feira, 26 de setembro de 2014

A Casinha da Bonita - Passo a Passo

Olá gente boa e sempre fiel!
Sim. Fiel. Porque, apesar das minhas longas ausências, vocês continuam aí,
a visitar-me e a trazer novas amizades.
É por este motivo que o Passo a Passo da "Casinha da Bonita" é dedicado a Vós.


Resolvi fazer vários slideshows, por fases, e colocar tudo numa única publicação para facilitar o trabalho a quem se aventurar. Não vou terminar o passo a passo hoje. Irei editando e acrescentando fases até o trabalho estar finalizado.

A "Casinha da Bonita" foi um trabalho muito moroso. Iniciei-o em Abril e terminei em Agosto. Não pela dificuldade ou por não saber o que ia sair. Foi mesmo porque os materiais e a aplicação não responderam da forma que eu esperava, principalmente na 2ª fase, como poderão constatar.

O Material usado foi o trapilho. Algum comprado e outro que fui fazendo conforme a necessidade (convém, por isso, ter a tesoura afiada e roupa fora de uso à mão).


1ª Fase - Trançar o trapilho:

Penso que é algo que toda a gente sabe fazer mas, para prevenir, aqui fica uma pequena demonstração de como fazer a trança:


Foram 35 metros de trança, feitos a duas mãos... culpada... uma vez mais explorei a mão de obra infantil disponível cá em casa!


2ª Fase - Fazer a base (unir a trança):

A aventura começa agora! 

Meti a trança na máquina de costura, para unir e, a certa altura, começa a sair uma peça toda ondulada e repuxada. Resolvi desmanchar e ajustar a máquina (ponto, tensão da linha, ... ) ...

Não demorou muito para voltar a acontecer o mesmo... mudei a linha... duas vezes... para espessuras diferentes... mais ajustes da máquina... o mesmo resultado!

Usei fio transparente (fio de pesca/cediela)... a mesma coisa!

Já cansada de tanto coser e descoser (andei nesta "vida" durante semanas!) embarquei na aventura de coser à mão. Ia dando a folga necessária à linha e não mais voltou a ondular!
A base ficou com 60 cm por 37 cm e gastei cerca de 15 metros de trança.

Antes de prosseguir quero só alertar para o porquê desta dificuldade em unir a trança na máquina (esta é a minha opinião, pela experiência que tive):
1º O trapilho é elástico e foge com muita facilidade.
2º A trança foi feita a duas mãos ora, a pressão exercida não foi a mesma em todo o trabalho. Nalgumas partes ficou mais justa/firme, noutras mais laça. Ao coser à mão, apercebi-me e fui ajustando o ponto (dando folga ou puxando a linha) em função da pressão que a trança tinha.


Atualização 30 de setembro

3ª Fase - Lateral em Croché:

Vamos começar a subir!

Com receio que a base acabasse por perder a firmeza (e ondular), optei por iniciar a subida com croché. Os pontos de croché deram consistência ao "ajuste" que iniciei na união da trança e, quatro carreiras, foram o suficiente para que ficasse tudo no seu devido lugar.

Tive ainda o cuidado de começar a delinear a "porta" da casinha. Assim, duas das carreiras de croché não foram completas (a toda a volta da base):



4ª Fase - Aplicação da Trança na Lateral:

A aplicação da trança foi bem mais simples do que fazer a base. O que me surpreendeu!

Tive apenas o cuidado de ir ajustando o fio, de acordo com o estado da trança - mais justa ou mais laça -.

Sempre que iniciava uma volta, colocava alfinetes a prender a trança o que, além de facilitar o trabalho, também ajudou a "nivelar as paredes":



Atualização 06 de outubro

5ª Fase - Cobertura e Acabamentos:

E só falta fechar, ou seja, fazer o "telhado".

Foi nesta fase que usei e abusei da tesoura e das roupas fora de uso. Selecionei as cores e fiz o trapilho.

A ideia de fechar com croché esteve desde o início nas minhas opções.

Depois da experiência da aplicação do croché à base (na 3ª fase), fazer a cobertura só teve a novidade de ir diminuindo aos pontos de croché, até fechar.

Os acabamentos foram ideias que surgiram depois do trabalho concluído. "Destrui" mais algumas peças de roupa, aproveitei alguns restos de trapilho que sobraram e dei vida às ideias e... à "Casinha da Bonita":


E assim termina o passo a passo da "Casinha da Bonita". Foi, como disse no início, um trabalho muito moroso, mas foi também o que, até ao momento, mais prazer me deu!

Obrigada por estarem aí... desse lado!

Boas Ideias!

2 comentários:

  1. Hermoso tutorial y sobre todo reciclado!!!Gracias por todas las cosas lindas que conmpartes en tu blog!!

    El gatito bellisimo!!!

    Con cariño Victoria

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Victoria,

      Obrigada pelos elogios e carinho!
      Tenho como lema partilhar o que faço e ensinar a quem quiser aprender. A reciclagem é uma área com muitas potencialidades que, além de me permitir colocar muitas ideias em prática, também apela à consciencia das pessoas.

      Seja sempre muito bem vinda a este meu cantinho.
      Já visitei o seu cantinho e gostei muito!

      Beijinhos Liliana

      Eliminar

Obrigada pela visita.
A sua crítica e/ou elogio serão sempre alvo de uma resposta minha (nem que seja um simples"obrigada").
Não se acanhe: comente.
Para receber a resposta no seu e-mail, basta clicar no quadrado ao lado da expressão: "Notificar-me".
Espero que tenha gostado!
Volte sempre.
Liliana

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...