Bem Vindas (os)

Nos últimos anos tenho elaborado alguns trabalhos para os Filhotes. Ao revê-los achei que se justificava a criação de um Blogue para os expor/partilhar. Daí surgiu a ideia de dar uma nova vida a este cantinho.
O que pretendo é mostrar os trabalhos que já estão feitos, com reciclagem e não só, e outros que forem surgindo.
Ideias não faltam, jeito (acho que não tenho muito, mas sinto que ao longo do tempo as coisas vão saindo cada vez mais perfeitas) e o gosto pela coisa abunda por estes lados.
Sempre que possível, colocarei o "passo a passo" pois, acho que, só assim é que estou realmente e partilhar - dando a oportunidade, a quem me visita, de poder também fazer estes trabalhos.

Espero que apreciem a visita e... comentem (só assim poderei melhorar/corrigir).

Divirtam-se e
Boas Ideias!

sexta-feira, 6 de setembro de 2013

Ponto de Cruz - Colcha

Era um simples pano de tabuleiro.


Para os meus padrões: nem muito complicado, nem muito simples. Com boa memória visual fazia-se bem...

Depois de terminar o segundo pano, resolvi fotocopiá-lo... muitas cópias... corta daqui, cola dacolá e fiz uma composição em cima da cama. 
Objetivo: fazer uma colcha. Por esta altura, o pano de tabuleiro passou a chamar-se: almofada. Já lá vão mais de 15 anos!

Comprei o tecido e começou uma maratona de contagens e marcações. As flores das jarras tinham de ficar alinhadas ou alternadas. Ao longo deste tempo a composição inicial sofreu algumas alterações. No retângulo do meio decidi, já o trabalho estava a decorrer, fazer o espelho: mais contagens, mais marcações... As flores que ladeiam as jarras tinham de ser as suficientes para dar o efeito de ondulação. Num quadrado é fácil, já num retângulo...

Arrisco a dizer que, nem a meio está! Para o meu gosto ainda tem muito branco e se, originalmente, só ia preencher o centro (que ainda está em branco) neste momento acho que também é necessário preencher os 4 cantos, que estão entre os dois retângulos. Este preenchimento será uma composição feita com os topos das jarras (parece um ramalhete). Para as laterais pretendo fazer uma barra só com flores.

Antes dos filhotes nascerem trabalhei muito nesta colcha. Depois que nasceram tenho feito uma ou duas jarras por ano, durante as férias. Este ano apenas consegui completar meia dúzia de flores.
Além das rotinas normais de uma família de quatro elementos (rotinas essas que, com o passar dos anos, tomam cada vez mais o nosso, já tão escasso, tempo - as Mamãs sabem do que falo), houve sempre um trabalho a entrar pelo meio.

Quando a fazia com mais frequência cheguei a cronometrar o tempo e, hoje, demoro quase o dobro a fazer uma simples flor (falta de prática!). Planeio pegar novamente neste trabalho, com mais assiduidade, pois é algo que faço com prazer e me deixa relaxada, depois de um dia de trabalho. Vamos ver como corre... irei publicando aqui, neste meu cantinho, a evolução...


... assim sendo, espero voltar a este trabalho o mais breve possível.

Há quase dois meses atrás, em resposta a um comentário, a propósito do Ponto
 de Cruz referi que "Nos próximos dias irei continuar a mostrar alguns dos traba-
lhos que fiz e, pretendo terminar em grande (mesmo muito grande!)...".

Não era suposto ter demorado tanto tempo, mas nem sempre os nossos planos 
saem como queremos e, como tal, só hoje pude falar de um trabalho que me 
enche de orgulho (perdoem-me a falta de modéstia!)! 
Espero, sinceramente, que tenham gostado!

Boa sexta-feira, bons pontos e... Boas Ideias!

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigada pela visita.
A sua crítica e/ou elogio serão sempre alvo de uma resposta minha (nem que seja um simples"obrigada").
Não se acanhe: comente.
Para receber a resposta no seu e-mail, basta clicar no quadrado ao lado da expressão: "Notificar-me".
Espero que tenha gostado!
Volte sempre.
Liliana

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...