Bem Vindas (os)

Nos últimos anos tenho elaborado alguns trabalhos para os Filhotes. Ao revê-los achei que se justificava a criação de um Blogue para os expor/partilhar. Daí surgiu a ideia de dar uma nova vida a este cantinho.
O que pretendo é mostrar os trabalhos que já estão feitos, com reciclagem e não só, e outros que forem surgindo.
Ideias não faltam, jeito (acho que não tenho muito, mas sinto que ao longo do tempo as coisas vão saindo cada vez mais perfeitas) e o gosto pela coisa abunda por estes lados.
Sempre que possível, colocarei o "passo a passo" pois, acho que, só assim é que estou realmente e partilhar - dando a oportunidade, a quem me visita, de poder também fazer estes trabalhos.

Espero que apreciem a visita e... comentem (só assim poderei melhorar/corrigir).

Divirtam-se e
Boas Ideias!

domingo, 27 de outubro de 2013

Tapete de Trapilho (II)

Amigas leitoras e seguidoras apresento-vos o meu segundo
Tapete de Trapilho (Trapinhos).

Tapete de Trapilho

Nunca pensei conseguir em tão pouco tempo! Bastaram algumas alterações à minha rotina: quando levo os Filhotes para as atividades extra curriculares, costumava levar trabalho para fazer enquanto esperava por eles - passei a levar o prazer de fazer nós no meu tapete! Simples e eficaz! Em casa, cosia algumas tirinhas. Nas atividades, fazia nós.


A diferença deste tapete para o outro está na forma como o cosi: neste cosi as linhas pelo comprimento e no outro pela largura. Demorei mais tempo em cada linha mas poupei no total:
* Tempo médio para coser uma linha: 8 minutos
* Tempo médio para dar os nós numa linha: 11 minutos
Ou seja, cerca de 14 horas de trabalho.

Talvez pela forma como foi cosido, os números finais (estatísticas) foram diferentes. Aqui ficam, para quem se quiser dar ao trabalho de fazer as contas:
* Dimensões: 1,05 * 0,30 
* 43 linhas - cada linha começa e termina com 4 trapinhos brancos. A meio tem 5 trapinhos brancos. As duas partes coloridas têm 32 trapinhos, cada uma. Ao todo são 77 trapinhos (dá uma diferença, para menos, neste tapete, de cerca de 1.000 trapinhos!).

Para ter a noção da quantidade de "tecido" que gastei, desta vez, pesei os trapinhos:
* Branco 260 gramas
* Cores 580 gramas

E aqui está ele no seu lugar, a fazer companhia ao seu "irmão". No primeiro degrau, que é o degrau dos Papás:
Tapete de Trapilho

O Passo a passo pode ser visto ou revisto aqui.

Só um à parte para as meninas brasileiras que por aqui andam: em visita aos
 vossos blogue apercebi-me que usam o termo "costurar" (que, a meu ver,
talvez seja o mais adequado). Deve parecer-vos estranho eu usar "coser"!
Cá em Portugal é o termo que usamos, além de outros inseridos no contex-
to: "vou fazer uma saia"  ou "vou meter uma saia (na náquina)". 

Mais um desafio superado com satisfação!

Continuação de um ótimo fim de semana e... Boas Ideias!

quinta-feira, 24 de outubro de 2013

Encadernação de Cadernos Escolares (I)

A ideia de hoje é muito simples e básica:


Com o início das aulas começaram também as maratonas a encapar livros e cadernos.

Compro sempre os cadernos tradicionais de capa preta (e mais económicos). Ao encapar dou um toque pessoal. Até ao ano letivo passado usava fotografias dos Filhotes. Escolhia fotos divertidas e de momentos importantes. Além de bonitos, não podiam ficar mais personalizados! Enquanto foi novidade, serviram de exemplo para as professoras, que os indicavam aos outros meninos como modelo a seguir, no sentido de os pais não gastarem muito a comprar cadernos xpto com os bonecos do momento (noddy, kitty, ...).

Este ano resolvi inovar e, usei os únicos bocadinhos de tecido que não puderam ser aplicados nos meus tapetes. Estou a falar das partes estampadas. Contornei as imagens e colei nas capas dos cadernos. Depois foi só encapar, como habitualmente, com o plástico autocolante. Uma vez mais ficaram personalizados e, neste caso, o Filhote gostou da inovação e da surpresa.

Eu, que também sou muito crítica quanto ao que faço, achei que ficou muito preto a ver-se. Da próxima vez, que estiver a dar tesouradas em roupinhas, terei de ter em consideração deixar mais tecido à volta do desenho. À parte deste detalhe acho que ficou bom e ainda mais económico do que nos anos anteriores - poupei nas impressões das fotos!

Continuação de boa semana e... Boas Ideias!

sábado, 19 de outubro de 2013

Como dar uma nova vida a um Puf Pêra?

Xii! Há tanto tempo que não pulico nada! Não é porque não ande a fazer nada, bem pelo contrário: o segundo tapete já vai a meio. Impus a mim própria, como meta, terminá-lo até ao final deste mês. A este ritmo e se não houver nenhum percalço pelo caminho terminarei antes.
Neste mais de um mês de ausência andei a fazer uns arranjos que, por serem de tão pouca importância, não me mereceram destaque neste meu cantinho.

Mas outras ideias surgiram as quais, a seu tempo, publicarei, como é o caso deste puf pêra que andava cá por casa aos "tombos" e depois de uma tesourada ficou com um novo formato:


Esvaziei-o. O recheio é de esferovite, às bolinhas - foi uma diversão para a pequenada! Lavei-o e cortei a parte mais estreita. Ao coser fiz umas pregas. E tudo isto com a preciosa e divertida ajuda dos Filhotes. Sim porque, se esvaziar foi divertido, imaginem voltar a enchê-lo! Felizmente, o serviço foi feito na zona comum do condomínio...


Hoje fico-me por aqui. Mas brevemente haverá mais... e olhem que ainda não estou a falar do Natal!

Obrigada por, apesar destas ausências, continuarem a visitar-me!
Até já e Boas Ideias!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...