Bem Vindas (os)

Nos últimos anos tenho elaborado alguns trabalhos para os Filhotes. Ao revê-los achei que se justificava a criação de um Blogue para os expor/partilhar. Daí surgiu a ideia de dar uma nova vida a este cantinho.
O que pretendo é mostrar os trabalhos que já estão feitos, com reciclagem e não só, e outros que forem surgindo.
Ideias não faltam, jeito (acho que não tenho muito, mas sinto que ao longo do tempo as coisas vão saindo cada vez mais perfeitas) e o gosto pela coisa abunda por estes lados.
Sempre que possível, colocarei o "passo a passo" pois, acho que, só assim é que estou realmente e partilhar - dando a oportunidade, a quem me visita, de poder também fazer estes trabalhos.

Espero que apreciem a visita e... comentem (só assim poderei melhorar/corrigir).

Divirtam-se e
Boas Ideias!

domingo, 3 de novembro de 2013

Saias...

... franzidas e de pregas:


A ideia de hoje é simples e pode ajudar muitas Mamãs no seu dia a dia ou numa necessidade de última hora, como foi o caso.

Estas saias foram feitas para as festas de final de ano letivo dos Filhotes, em anos diferentes (a azul no ano passado e as outras duas este ano).

* A saia azul foi a minha primeira aventura por esta área. Os tecidos foram fornecidos pela escola. O vermelho tinha de respeitar uma determinada distância entre as duas faixas. O objetivo era colar as flores de plástico autocolante, entre elas. Tirando o cuidado que tive com o detalhe das faixas, foi muito fácil de fazer:
- Unir a peça de tecido;
- Fazer a bainha inferior;
- Coser as faixas;
- Fazer uma bainha na parte superior e colocar o elástico;
Muito simples e rápido. O resultado final agradou-me, tirando dois aspectos, para mim muito importantes: achei que a saia tinha roda a mais e, talvez por esse motivo (ou não!), ficava muito armada!

* Este ano tive de fazer esta vermelha. Ainda mais simples do que a anterior.
Para não correr o mesmo risco do ano anterior, resolvi não usar todo o tecido, que a Filhota trouxe da escola. A olhómetro, cortei o excesso. Mesmo assim achei que iria armar muito, pois o tecido era muito teso. Consultei o amigo google e aprendi que, o segredo era fazer uma bainha alta. A saia ficava mais pesada na base e não armaria tanto. "Se bem aprendo... bem o faço!".
E, este ano, a saia da Filhota estava totalmente do meu agrado: na altura ideal, sem demasiado franzido e sem armar muito... caiu-lhe que nem uma luva!
Depois de feita foram colados os manjericos, também de plástico autocolante.

* A saia de pregas, foi para mim. Alguns Pais apresentaram uma coreografia e a exigência para as Mães era irem de saia de pregas xadrez. Supostamente éramos colegiais! O tecido foi-me oferecido e lá embarquei eu numa aventura... 
A bem da verdade, pensei que ia ser mais difícil! Claro que pesquisei para aferir alguns truques, mas tudo o que vi era muito complicado, como por exemplo (e isto é para quem sabe) a questão da medida na cintura ser diferente da medida na anca... O meu problema era "casar" o xadrez. Não fui capaz! Então, resolvi fazer tudo a direito e ver no que é que dava:
- Comecei por fazer as pregas: primeiro prendi-as com alfinetes, depois passei um alinhavo e finalmente meti-as na máquina;
- Medi a altura que pretendia (acima do joelho) e fiz a bainha alta;
- Depois uni a peça. Esta foi a parte mais difícil, pois a união tinha de ficar por baixo de uma prega. Mas lá consegui. Não fechei totalmente até acima para me facilitar vesti-la, já que a medida era a da minha cintura;
- Por fim, fiz um cinto e cosi-o na parte de cima da saia. Para fechar usei colchetes.
Devo informar que o resultado saiu melhor do que eu esperava. Tanto, que faz parte do meu guarda roupa e já a usei várias vezes. A Filhota adorou a saia e já me pediu uma igual. Vamos ver se me aventuro e se me saio tão bem!

E aqui estamos nós as duas prontinhas para as nossas atuações:


Continuação de bom fim de semana e... Boas Ideias!

7 comentários:

  1. Oi Liliana, como você mesma o disse, "se bem aprendo bem o faço". Pois além de aprender também ensinou. Eu nunca tinha pensado que a barra mais larga diminuiria o volume da saia. Teria me poupado algumas contrariedades mas no tempo em que eu fazia saias para as filhas não tinha google.
    Você não imagina o risco que corre com essa oferta de permuta de hospedagem pela lixadeira rsrsrs. Do jeito que gosto de bater pernas pelo mundo é uma grande possibilidade. Ano que vem planejo ir á Europa. Desta vez para explorar o sul da Espanha que só conheço superficialmente. Talvez um pulo até o Marrocos. A escala em Lisboa é obrigatória.De onde vivo no extremo norte oriental do Brasil, é nosso caminho mais curto até a Europa. Saindo daqui pouco mais de 6 horas e aterrizamos em terras de além mar. Até lá ainda terei algumas experiências com a lixadeira, o que vai me proporcionar maior prática, e você poderá acompanhar para avaliar se vale a pena. Ahhh...comprei também um daqueles grampeadores para tapeçaria. Ainda não testei mas pode incluir no pacote. RSRSRSRS Bjs
    Joana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Joana,

      A próxima saia que fizer já sabe...

      É vergonhoso, mas fui consultar o meu amigo google para saber o que era um "grampeador" (tenho andado um pouco atrapalhada com os vosso termos!). Cá chama-se "agrafador"! Acho que vou fazer um dicionário! :)

      Permita-me um pequeno apontamento aos seus planos de viagem: Se vier a Portugal só para fazer escala. Tudo bem. Mas, se tenciona visitar o meu país, aconselho que inclua no pacote uma deslocação ao norte: temos aqui três zonas obrigatórias: o Minho, o Gerês e (para mim, o mais belo de todos) o Douro (mais conhecido por Douro Vinhateiro - onde se produz o famoso Vinho do Porto - já ouviu falar?). Se pensar em vir para o norte, diga-me: faço-lhe um roteiro e/ou envio-lhe uns links. Pense nisso... com carinho!

      Beijinhos.
      Liliana

      Eliminar
  2. As saias estão lindissimas....
    Quando a minha piolhinha tiver idade vais ter que emprestar....

    Muitos parabens...
    Beijinhos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É lógico que empresto... se chegarem até lá! Senão faço-lhe umas novas.

      Obrigada.
      Beijinhos

      Eliminar
    2. É claro que eu empresto!
      A propósito, tiasinha não me devias ter pedido a mim autorização para dar as saias à Priminha Rafaela? Afinal de contas só uma saia é que é da Mamã, as outras duas são minhas! Mas está bem, desta vez passa!

      Eliminar
  3. As saias ficaram lindas!
    Bjs.
    Filhota

    ResponderEliminar

Obrigada pela visita.
A sua crítica e/ou elogio serão sempre alvo de uma resposta minha (nem que seja um simples"obrigada").
Não se acanhe: comente.
Para receber a resposta no seu e-mail, basta clicar no quadrado ao lado da expressão: "Notificar-me".
Espero que tenha gostado!
Volte sempre.
Liliana

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...